terça-feira, 19 de setembro de 2017

Estamos em Guerra


Pelo caminho por onde vier, por ele voltará, porém nesta cidade não entrará, diz o Senhor. II Reis 19:33.
Soldados valentes, nunca fogem das batalhas, não olha se o tempo está apropriado ou desfavorável, pois, não são as conseqüências que o encorajam a prosseguir, mas, o objetivo que está em seu coração.
Mesmo na adversidade, um verdadeiro guerreiro não recua diante das duras provas, pode acontecer o que for; um valente não abre mão da sua conquista.
Em batalhas, só os fortes sobrevivem, os fracos retrocedem, desistem, caem; aquele que tem sede de vitoria, luta até suas forças esvair-se, mesmo que fique ferido, ele não entrega os pontos.
Jamais alguém poderá saber o resultado de determinada coisa se não for até o final, aquele que se deixar vencer-se pelo medo, é covarde até a morte, este, jamais terá capacidade para conquistar coisas grandes, porque amedrontar-se faz parte do viver, assim como vencer o medo é obrigação para continuar vivo.
O guerreiro traz sobre os seus lombos a marca de um combatente, em seu peito está cravado a resistência, em sua vida está empunhada a determinação; os grandes sabem que é preciso ter coragem, e não acovardar-se diante das muralhas que se projetam tentado o paralisar; não existem limites para quem deseja alargar suas tendas.
Assim é a vida do Servo do Senhor, este, entende que sempre há saída, mesmo que, esteja tudo fechado e lacrado, porque a saída esta dentro dele e não no espaço que ele está, é a sua fé, que irá produzir degraus, que o suspenderá as alturas, é a convicção do seu coração que o fará vencer sobre qualquer tempestade.
O Servo do Senhor sabe que sempre está em guerra, mesmo que existiam dias tréguas; ele não pode abaixar a guarda, o guerreiro de Deus não para por causa das ameaças, nem por causa das grandes multidões adversárias; o servo do Senhor sabe que aquele que está do seu lado é maior. Esforçai-vos, e tende bom ânimo; não temais, nem vos espanteis, por causa do rei da Assíria, nem por causa de toda a multidão que está com ele, porque há um maior conosco do que com ele. II Crônicas 32:07.
Em tempo de guerra, tem que se ficar em vigilância constantemente, um descuido, pode-se ser alvo dos dardos do inimigo; o Soldado de Deus entende que aquele que se opõe a nós, terá que prestar contas com nosso General, é Ele quem vencerá as nossas pelejas; precisamos apenas confiar Nele e descansar nas suas promessas. Com ele está o braço de carne, mas conosco o Senhor nosso Deus, para nos ajudar, e para guerrear nossas guerras. E o povo descansou nas palavras de Ezequias, rei de Judá. II Crônicas 32: 08.
O Exercito de Deus, vivem cercados por colunas indestrutíveis, colunas estas, intocáveis ao ser humano, porque elas provém do próprio Deus. E os guiaste de dia por uma coluna de nuvem, e de noite por uma coluna de fogo, para os alumiares no caminho por onde haviam de ir. Neemias 09:12
Quando o Senhor diz que nossa batalha é Dele, precisamos descansar nesta palavra, ainda que tudo pareça ao contrário, porque o nosso Deus não é homem para que minta, nem filho do homem para que volte atrás, nada daquilo que Ele determinou alguma vez, veio a frustrar-se. Palavra alguma falhou de todas as boas palavras que o Senhor falara à casa de Israel: tudo se cumpriu. Josué 21:45.
Em densas guerras, precisamos ficar refugiados no abrigo de Deus, escondermo-nos debaixo das suas asas, buscar à sua face, porque certamente, Ele irá nos responder com a sua vitoria sobre nossa vida, é só esperar, iremos ver acontecer os grandes feitos do Senhor sobre nós. Deus irá nos revelar com grandiosidades, bênçãos sem medidas. Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes. Jeremias 33:03.
O nosso Deus jamais permitirá que sejamos envergonhados, Ele enviará seu anjo forte em nosso favor, envergonhados e confundidos serão todos os quantos se levantam contra nós. Então o Senhor enviou um anjo que destruiu a todos os varões valentes, e os príncipes, e os chefes no arraial do rei da Assíria. E este tornou com vergonha de rosto a sua terra […] II Crônicas 32:21.
Valentes de Deus, não temais e nem vos espanteis, não existe outro igual ao nosso Deus, Ele é Poderoso nas batalhas; apenas confiem e avancem, quem tem que retroceder é o inimigo; ele pode vir até você por um caminho, mas por sete terá que voltar, porque quando ele te olhar, ele verá é o Senhor, que é o teu protetor.
Pra. Elza Carvalho
https://estudos.gospelmais.com.br/estamos-em-guerra.html


A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog