sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

SOB A SOMBRA DO ALTÍSSIMO


1. O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente
2. diz ao SENHOR: Meu refúgio e meu baluarte, Deus meu, em quem confio.
3. Pois ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa.
4. Cobrir-te-á com as suas penas, e, sob suas asas, estarás seguro; a sua verdade é pavês e escudo.
5. Não te assustarás do terror noturno, nem da seta que voa de dia,
6. nem da peste que se propaga nas trevas, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
7. Caiam mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido.
8. Somente com os teus olhos contemplarás e verás o castigo dos ímpios.
9. Pois disseste: O SENHOR é o meu refúgio. Fizeste do Altíssimo a tua morada.
10. Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda.
11. Porque aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos.
12. Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra.
13. Pisarás o leão e a áspide, calcarás aos pés o leãozinho e a serpente.
14. Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome.
15. Ele me invocará, e eu lhe responderei; na sua angústia eu estarei com ele, livrá-lo-ei e o glorificarei.
16. Saciá-lo-ei com longevidade e lhe mostrarei a minha salvação. (SALMO 91)

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Lembrai-vos da mulher de Ló

Jesus numa sequência de ensinamentos, em determinado momento menciona algo ocorrido há algumas centenas de anos antes de Sua vinda à Terra, o fim de Sodoma e Gomorra em consequência de suas práticas pecaminosas, Gênesis 19.



Mas o que realmente me chama a atenção, em todo esse episódio, é Jesus mencionar especificamente sobre a mulher de Ló: "Lembrem-se da mulher de Ló". Lucas 17:32


Com essa leitura deveria ficar claro em nosso coração, a importância de realmente deixarmos o passado para trás, o que acontece na maioria das vezes é bem o contrário, temos visto pessoas alimentando seu passado, seja ele bom ou ruim.


Muitos se enganam ao dizer que já perdoaram alguém por exemplo, mas ao se lembrarem daquele fato, têm em seu falar uma certa dose de insatisfação. Será que o perdão realmente ocorreu?


Poderá ser uma lembrança de algo bom, como da juventude que se foi, algum projeto que deu certo, um grande avivamento na área espiritual, mas até que ponto isso se torna saudável?



Até o ponto que aquilo não nos pare em nossa caminhada. Tudo aquilo que nos trava, nos tira o ânimo em prosseguirmos, precisa ser renunciado de nosso viver.



Pela Bíblia, por várias vezes temos visto Deus fazer coisas novas, apagando muitas vezes um passado de derrotas, mudando nomes e futuros, não levando em conta o tempo de ignorância de Seu povo, porém construindo histórias que "ficaram na história"!


Pessoalmente, sempre que me dispus a esquecer o passado e não insistir em olhar para trás, tenho recebido graça e força para ir de encontro com o futuro que Deus tem preparado para mim. Muitas vezes, Ele me tem tirado da zona de conforto da mesmice, e levado-me a crer em projetos maiores que minha mente humana não compreende, simplesmente obedece.


Ainda hoje, essa Palavra de Jesus tem ressoado sobre Sua Igreja, e sobre todo aquele que se aproxima Dele, lembrem-se da mulher de Ló, que virou uma estátua, estática, sem vida, sem poder caminhar, sem poder avançar.


Existe uma novidade de espírito na presença Dele, mas para vivermos o novo, precisamos abrir mão do velho. Ainda existe muito mais................em Sua presença!!!!!!


Deus abençoe sua vida.


Postado por Elizandra Aranda ELIZANDRA ARANDA

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O QUE APRENDI COM JEREMIAS



“O meu povo cometeu dois crimes: eles me abandonaram, a mim, a fonte de água viva; e cavaram as suas próprias cisternas, cisternas rachadas que não retêm água.
2:13
Assim diz o Senhor: “Não se glorie o sábio em sua sabedoria nem o forte em sua força nem o rico em sua riqueza, mas quem se gloriar, glorie-se nisto: em compreender-me e conhecer-me, pois eu sou o Senhor e ajo com lealdade, com justiça e com retidão sobre a terra, pois é dessas coisas que me agrado”, declara o Senhor.
9:23 e 24
Não há absolutamente ninguém comparável a ti, ó Senhor; tu és grande, e grande é o poder do teu nome. Quem não te temerá, ó rei das nações? Esse temor te é devido. Entre todos os sábios das nações e entre todos os seus reinos não há absolutamente ninguém comparável a ti.
10:6 e 7
Eu sei, Senhor, que não está nas mãos do homem o seu futuro; não compete ao homem dirigir os seus passos. Corrige-me, Senhor, mas somente com justiça, não com ira, para que não me reduzas a nada.
10:23 e 24
Assim diz o Senhor: “Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força, mas cujo coração se afasta do Senhor.
Ele será como um arbusto no deserto; não verá quando vier algum bem. Habitará nos lugares áridos do deserto, numa terra salgada onde não vive ninguém.
“Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor, cuja confiança nele está. Ele será como uma árvore plantada junto às águas e que estende as suas raízes para o ribeiro. Ela não temerá quando chegar o calor, porque as suas folhas estão sempre verdes; não ficará ansiosa no ano da seca nem deixará de dar fruto”.
O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo?
“Eu sou o Senhor que sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta, de acordo com as suas obras.”
17:5 a 10
Mas, se eu digo: “Não o mencionarei nem mais falarei em seu nome”, é como se um fogo ardesse em meu coração, um fogo dentro de mim. Estou exausto tentando contê-lo; já não posso mais!
20:9
“Sou eu apenas um Deus de perto”, pergunta o Senhor, “e não também um Deus de longe?
Poderá alguém esconder-se sem que eu o veja?”, pergunta o Senhor. “Não sou eu aquele que enche os céus e a terra?”, pergunta o Senhor.
“Não é a minha palavra como o fogo”, pergunta o Senhor, “e como um martelo que despedaça a rocha?
23:23, 24 e 29
Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.
Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei.
Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração.
Eu me deixarei ser encontrado por vocês’, declara o Senhor, ‘e os trarei de volta do cativeiro. Eu os reunirei de todas as nações e de todos os lugares para onde eu os dispersei, e os trarei de volta para o lugar de onde os deportei’, diz o Senhor.
29:11 a 14

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

DEUS QUER REAVIVAR NOSSAS VIDAS.



Deus quer reavivar as nossas vidas nas áreas onde estamos em processo de morte.


Mas você pode perguntar, como sabemos que estamos neste processo de morte espiritual? Quando precisamos de reavivamento?


_ Quando não conseguimos mais sonhar, quando não conseguimos mais crer, ou ter esperança, quando a nossa alegria em servir ao Senhor está desaparecendo em nossos corações, quando os dons do Espírito Santo estão se apagando em nós ou quando não temos mais o prazer de evangelizar. Quando deixamos o pecado invadir nossas vidas, nos afastando de Deus.


Quantas pessoas estão espiritualmente quase mortos, vivendo sem alegria e gozo do Senhor. Quantos estão indo à igreja somente por obrigação ou rotina, desanimados, onde não conseguem mais sentir o toque do Espírito Santo, nem sentir a presença de Deus nem perspectivas de prosperidade. Quantos vivem uma vida familiar desgastada, arruinada e destruída pelo Diabo.


Hoje Deus quer mudar nosso destino, nossa sorte, e gerar vida nova.


Vejamos o que Deus nos ensina sobre a vida!


Em Ezequiel 47 v.3, v.4, v.5 fala que é preciso mergulhar com profundidade nos rios da vida


Ezequiel teve a visão do rio que sai do trono de Deus. O rio da vida. Este rio simboliza o reavivamento produzido pelo Espírito Santo em nós.


Na visão Ezequiel recebe a ordem de entrar no rio. Ele começa a entrar no rio. Inicialmente o rio lhe dava pelos pés, mais adiante o rio lhe dava pelos joelhos, mais á frente o rio era tão profundo que ele não podia mais entrar.


Deus está nos mostrando que é necessário sermos mais profundos em nossa comunhão com o Ele. Não nos contentar em apenas ficar com os pés na beira do rio.


Existem pessoas que não se aprofundam na comunhão com o Senhor. Estão na Igreja, mas vivem uma vida cristã cheia de inconstâncias e dificuldades, também tem aquelas pessoas que estão somente na beira do rio, são aquelas que não experimentaram ainda uma profunda restauração de Deus, uma grande libertação, uma grande mudança em suas vidas ou uma verdadeira obra de reavivamento. São pessoas que se contentam com uma vida cristã superficial e sem experiências com Deus.


Deus nos chama para conhecer as profundidades deste rio. Deus quer você em comunhão profunda.


Por onde o rio passa a vida é gerada (“…Quando entram no mar, as águas se tornam saudáveis” Ezequiel 47 v.8)


O rio de Deus é a própria presença dele dentro de nós. O rio passa por lugares que estão mortos e frios. Esse rio somos nós cheios do Espírito Santo e Deus quer nos usar para ajudar as pessoas a saírem dos lugares mortos


Existem pessoas mortas, na beira do rio, que precisam de nós para entrarem neste rio, Alguns estão vivendo em situações parecidas como a da visão do vale de ossos secos.


Em Ezequiel 37.11 está escrito: “...Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; estamos de todo exterminados.” Quando Deus trouxe Ezequiel para um vale e mostrou a ele um monte de ossos secos, o Senhor estava mostrando exatamente como o povo se sentia.


E é assim que hoje o povo ainda se sente, estamos literalmente num deserto, rodeados de ossos secos e ali não vemos qualquer caminho aberto. Mas, aqui nesta visão o rio de Deus abre caminhos produzindo a vida. O rio de Deus é o poder do seu Santo Espírito. Este rio quer passar dentro de nós hoje nos santificando e nos renovando. Em nome de Jesus vamos experimentar este reavivamento, pois por onde o rio passa a vida se renova.


Conclusão: Voltemos a visão do vale de ossos secos. Ali, Deus literalmente colocou carne e vida em um lugar onde só haviam ossos. Hoje, quantas pessoas estão vendo apenas os ossos e o deserto, o que nós vamos fazer para ajudar essas pessoas. Talvez, Elas não tenham conhecimento da palavra de Deus, outras estão tão profundamente no vale, sem forças para sair sozinhas dele. Sem falar de muitos irmãos de dentro da igreja que estão no vale de ossos secos a espera de um rio para mergulhar e reviver. Estas pessoas estão esperando um milagre acontecer nas suas vidas. Mas, Deus tem o poder de gerar esse milagre onde não existem quaisquer recursos disponíveis para nós. Só Ele pode reavivar na vida dessas pessoas, na vida de nossa igreja o que esta em processo de morte. Devemos crer, buscar e entregar nossas vidas a Deus


Deus manda o profeta Ezequiel profetizar ao povo: “porei em vós o meu Espírito, e vivereis...” (Ezequiel 37.14).


Ezequiel profetizou sobre o vale, sobre os ossos secos, e nós o que vamos fazer? Vamos continuar somente olhando, sentados na beira do rio? Muitos olham para a sua família e vêem ela morta, despedaçada. Não passa de um monte de ossos secos. Olhamos para nosso trabalho e também lá vemos ossos secos. Olhamos para nossa igreja e não é diferente, lá também vemos ossos secos. Olhamos para nossa vida com total desesperança de que haja alguma mudança em algumas situações.


O Senhor quer soprar sobre nós seu Espírito Santo, para que nós recebamos a nova vida. Para que estejamos cheios, transbordando do seu Espírito Santo. Para que experimentemos hoje o reavivamento. Mas é necessário que nós realmente queiramos receber essa nova vida. É necessário reconhecermos que sem Deus não passamos de um monte de ossos secos. Deus quer nos dar uma nova vida. Vamos abrir nosso coração para Deus, vamos sair da beira do rio, não vamos nos contentar em molhar somente os pés, vamos mergulhar profundamente neste rio de Deus e enchermos do Espírito Santo, eu profetizo que Ele vai transformar a nossa vida hoje. E ela jamais será a mesma.


Vamos estar cheios mesmos, para sairmos hoje e ajudar aquelas pessoas que estão no vale de osso secos.

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog