terça-feira, 29 de março de 2011

salmos 90


Este Salmo hoje, veio falar diretamente ao meu coração...É com ele que estou me fortalecendo esses dias...
Estou passando por muitas tribulações, decisões, e quando achei que estava no final, veio enfermidade dos meus filhos (2)....

Mas Deus é o meu refugio e minha fortaleza... E eu louvo e agradeço ao Senhor em todos os momentos de minha vida.


SALMO 90


1 -Tu, que habitas sob a proteção do Altíssimo, que moras à sombra do Onipotente.

2 -Diz ao Senhor: "Sois o meu refúgio e a minha fortaleza. Meu Deus, em Quem confio.

3- Ele te livrará do laço do caçador, e da peste perniciosa.

4 -Ele te protegerá com as Suas penas, sob as Suas asas encontrarás refúgio;

A Sua fidelidade é um escudo e um broquel.

5 -Não temerás os terrores noturnos, nem a seta que voa à luz do dia,

6 -Nem peste que se propaga nas trevas, nem a epidemia que grassa ao meio-dia.

7- Caiam mil à tua esquerda, e dez mil à tua direita; Tu não serás atingido.

8 -Mas verás com os teus próprios olhos e contemplarás o castigo dos pecadores.

9 -Porque o Senhor é o teu refúgio; Escolheste o Altíssimo por tua defesa,

10-Nenhum mal te atingirá, e o flagelo não se aproximará da tua tenda.

11 -Porque mandou aos Seus anjos que te guardem em todos os teus caminhos.

12 -Eles te levarão em suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra.

13 -Sobre a serpente e a víbora poderás andar, e calcarás aos pés o leão e o dragão.

14 -Porque se uniu a Mim , livrá-lo-ei; Protegê-lo-ei ,porque conheceu o Meu nome.

15 -Invocar-me-á e Eu o atenderei; estarei com ele na tribulação, livrá-lo-ei, e glorificá-lo-ei,

16- Favorecê-lo-ei com longa vida e mostrar-lhe-ei a Minha salvação.

segunda-feira, 28 de março de 2011

SIMPLESMENTE LOUVE


Confira este trecho da música “Louve”, interpretada pela cantora Cassiane:

“Então louve, simplesmente louve
Tá chorando louve, precisando louve
Tá sofrendo louve, não importa louve
Seu louvor invade o céu...
Deus vai na frente abrindo o caminho
Quebrando as correntes, tirando os espinhos
Ordenas aos anjos pra contigo lutar
Ele abre as portas pra ninguém mais fechar
Ele trabalha pra os que nele confiam
Caminha contigo de noite ou de dia
Erga suas mãos, sua benção chegou
Comece a cantar com muito louvor
Com muito louvor, com muito louvor
Com muito louvor...”

Passar pela aflição é muito difícil, pois somos limitados e nem sempre conhecemos a razão pela qual estamos passando por determinada provação. Aliás, é algo que devemos buscar não é mesmo?
Procurar saber o porque passamos pelas dificuldades. Deus tem sempre algo a nos dizer a respeito delas. E por mais incrível que possa parecer, as tribulações são positivas para nós.
 “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência.” (Rm 5.3).
“Porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.” (2Co 8.2).
“Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações. Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência.” (Tg 1.2-3).
Baseando-se nisto, eu pergunto, será que temos agido corretamente, ou melhor, de acordo com a vontade de Deus durante o período de dificuldades que passamos? Optamos por glorificar a Deus ou por murmurar? Aí, pergunta difícil né irmãos? Nossa tendência é cair no questionamento e na rebelião. Esse é o fruto do pecado. Essa é a nossa carne. Nossa condição de humanos. Mas peraí, Jesus pagou o preço de sangue por nós no Calvário! Glória a Deus! Isso significa que podemos superar esta dificuldade e optarmos por louvá-lo diante da tribulação.
Ainda bem que tem jeito para nós! Louvar a Deus, adorá-lo na dificuldade, amá-lo independentemente do que ele pode nos oferecer. Essa é a chave para uma vida com Deus. Afinal, seria muito fácil só adorá-lo na alegria e não na dor. Amá-lo por nos abençoar e não nos momentos em que ele permite que sejamos “treinados.” Louvá-lo quando tudo ocorre em perfeita harmonia e não quando o mundo parece desabar sobre nossas cabeças. É como amar a quem a gente gosta e não aos nossos inimigos. Tudo muito fácil. Mas é tempo de mudanças.
Já pensou em adorar e dar um glória a Deus toda vez que algo nos chateia ou quando as coisas não estão bem para o nosso lado? Essa é uma ótima opção, inclusive, para que a provação passe mais rapidamente por nós.
Quando louvamos e adoramos a Deus, tudo fica mais fácil e nos tornamos pessoas melhores, uma vez que aprendemos a dar graças pelo que temos e pelo que Deus faz por nós. Deus trabalha enquanto descansamos Nele. Se não descansamos, trabalhamos no lugar de Deus. Claro que não podemos ficar parados sem atitude, mas é importante compreender que agimos enquanto podemos. Quando nossa condição de homem nos impede de realizar algo, Deus entra em ação.
Irmão, perdeu o ônibus! Glória a Deus! Não conseguiu aquele trabalho! Glória a Deus! Tá esperando uma resposta e não chegou! Glória a Deus! Se a sua vida está entregue nas mãos do Senhor e você o permite conduzir todas as coisas, você não poderia estar em melhores mãos.
Se Deus conduz, o quê e a quem temeremos?
“Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?” (Is 43.13).
Irmãos, vou ficando por aqui. Compartilhei com vocês, algo que acontece em minha vida, acho que na de todos nós. Deus nos ama e têm nos ensinado a melhorarmos cada dia mais. Então amados, chega de murmuração. Vamos adorar ao Senhor em todo tempo! E que nunca nos esqueçamos que adoramos a Deus com canções, mas esta adoração deve se estender às nossas atitudes diárias! Amém?
“Irei contigo, onde quer que fores meu Senhor. O teu chamado, cumprirei na alegria ou na dor [...]”.*
“Te louvarei, não importam as circunstâncias [...]”.*
“Ouve Senhor, as palavras de afronta. Escuta ó Deus o que diz o inimigo contra mim [...]”.*
“As misericórdias do Senhor se renovam sobre mim. [...] não têm fim [...]”.*
Que estas sejam frases e canções constantes em nossos lábios porque sabemos que :
“[...] Agindo eu, quem impedirá?[...]. Diz assim o Deus de Israel, o nosso Deus, o grande Eu Sou!
Fonte: lagoinha.com

quinta-feira, 24 de março de 2011

ENCONTRO COM DEUS .....

O Encontro com Deus é um retiro de 3 dias com o objetivo de alcançar uma experiência com Deus que certamente nos leva a uma transformação de vida após o conhecimento de Cristo.


O Encontro com Deus proporciona este ambiente para que se tenha uma experiência pessoal com Cristo.

Deus tem o poder de te libertar. Ele quer te restaurar e livrar você da morte e do inferno.

O QUE O ENCONTRO MUDOU EM MINHA VIDA:

Eu sempre orava pedindo a DEUS para fazer uma transformação em minha vida, não agüentava mais a vida que eu levava, foi quando recebi um convite para fazer o Encontro. Deus me livrou de uma vida de prostituição, vícios, egoísmo etc...

Cheguei conversando com DEUS que ali seria tudo ou nada, muitas áreas da minha vida estavam fracassadas e eu resolvi aceitar o chamado de DEUS. Lá é lugar de confrontos, desafios, renuncias, libertações, arrependimentos e OBEDIENCIA. Um lugar onde eu pude ver o Senhor face a face.

Hoje eu sou uma mulher com as marcas de DEUS em minha vida e creio que onde eu passar levarei a palavra do Pai. Hoje depois de um ano estou indo trabalhar no Encontro, e sei que será uma experiência maravilhosa. Deus me escolheu para estar lá e quero ser usada por Ele, para ajudar assim como fizeram comigo.

Ver o Senhor face a face...Transformar sua vida em todas as áreas. Essa expectativa está em seu coração?

Participe você também são apenas 3 dias.

Você já deu o melhor para o mundo, mas hoje te convido a dar o melhor pra Deus, eu creio em nome de Jesus Cristo que você vai ser curado, liberto, para exaltar somente o nome do senhor Jesus!!!.

Participe do Encontro e desfrute de uma total libertação em sua vida.


quarta-feira, 23 de março de 2011

Deserto - A escola de Deus

Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto para ser tentado pelo diabo. ( Mt 4:1).


A solidão do deserto

Jesus, o filho de Deus estava com 30 anos de idade e tinha chegado a hora de Deus manifestar o seu grande amor através do seu Filho amado.

Jesus foi até o rio Jordão para ser batizado nas nas águas por João Batista, seu primo. Quando Jesus saiu das aguas, os céus se abriram sobre ele e o Espirito do Senhor desceu sobre Jesus em forma de pomba e Jesus ouviu uma voz que dizia: Este é o meu filho amado, em quem minha alma se compraz. ( Mt 3:13-17)

Jesus estava obedecendo a tudo o que o Pai tinha lhe dito que fizesse. Trinta anos tinhamse passado.
Meu queridos irmãos, existe um tempo de preparação para as nossas vidas até que possamos ser usados pelo Senhor. Deus não escolhe vasos prontos, Ele molda vasos para usar. Jesus esperou trinta anos, e com isso eu não digo que ele não estava preparado,simplismente aprove a Deus manifestar sua graça através de Jesus depois dele ser um homem.

Eu não sei quando Deus irá te usar, mas sei que Ele está te preparando para o louvor da sua glória. É necessário que você se apresente obediente ao Senhor. Sendo assim o processo é menos dolorido e longo.

Logo depois do batismo, chegou o momento da tentação. O engraçado é que não foram os demonios que levaram o Senhor ao deserto, senão o próprio Espirito Santo.

Deus prova a nossa fé, obediência, persistência, humildade, confiança e tudo mais o que você imagina. Deus não nos tenta com o mal, porém permite que o inimigo nos ataque para nos testar, não porque Deus deseje que sejamos repeovados, mas ao contrário, depois de sermos provados e aprovados, somos mais fortes e confiantes no Senhor. Podemos com mais ousadia, testemunhar a respeito de Cristo.

O deserto serve de escola. No deserto aprendemos a dar valor as bençãos que Deus nos dá. Nosso carater é transformado e somos moldados a imagem de Cristo.

Você nunca será provado além das suas forças. Deus sempre te dará o escape. Seja confiante. Jesus foi levado pelo Espirito e não foi abandonado por ele  lá sozinho. Você também não está sozinho nesta tua caminhada pelo deserto. Deus está do teu lado,e Ele te ajudará a vencer as dificuldades.

Moíses escreveu assim: Lembra-te-ás de todo o caminho pelo qual o Senhor teu Deus te guiou no deserto durante esses 40 anos, para te humilhar e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardaria ou não os seus mandamentos. Ele te aflingiu, e te deixou ter fome; depois te sustentou com maná que não conhecias... (Dt 8: 2-3)

No deserto Ele tira o teu orgulho;
No deserto Ele prova o teu coração; Se es obediente ou não a sua palavra.
Nos deserto Ele também nos prova que estará sempre conosco. Ele sempre nos surpreende.

Sabendo que Deus usa de desertos como sendo uma escola, vamos passar por ele sendo melhores alunos. Dura coisa é ficar de recuperação no final do ano e pior ainda é ser reprovado.

Deus abençoe a cada leitor deste blog.

Pra. Thaís Itaborahy

terça-feira, 15 de março de 2011

3º ACAMPA FAMÍLIA 2011 - IGREJA METODISTA CENTRAL - SAP


"Adoradores sem Fronteiras"

O Ministério de Vigília "Adoradores sem Fronteiras" da Igreja Metodista Central -- Santo Antº da Platina, realizou nos dias 06,07 e 08 de março de 2011, o 3º Acampa Família, com o tema "O ano aceitável do Senhor".


Onde teve inicio na manhã do dia 06, onde os participantes foram recepcionados com um delicioso café da manhã.


Aconteceram momentos de Louvor, Adoração, ministrações, Vigília e lazer.


O Louvor foi abençoado por Deus, podemos sentir o derramar do Espírito Santo através de cada canção, as palavras ministradas pelos Preletores: João Paulo, Pastor Roni, Bispo João Carlos, Pastor Wendel e Alfeu Claro, foram trazidas diretamente do coração de Deus para o nosso coração, onde através delas o Espírito Santo operou libertações, restaurações, curas, fortalecimento, sinais e grandes maravilhas.


O Louvor e as Ministrações aconteceram todos os dias pela manhã e a noite.


As crianças puderam ter momentos de mais intimidades com seus pais, familiares, e também tiveram seus momentos para serem ministradas.


As tardes foram preparadas para momentos de lazer, onde os pais e filhos puderam ter momentos juntos, momentos onde as brincadeiras fizeram se aproximarem mais uns dos outros.


No sábado a noite estávamos somente o Ministério, para preparar o local para receber carinhosamente os participantes, aconteceu a primeira vigília, onde o Espírito santo se manifestou de uma forma sobrenatural. Onde pudemos ser curadas, restauradas, alguns reavivaram seus dons, confirmaram seus ministérios, e Deus pode falar intimamente com cada um.


No Domingo se repetiu a vigília e em dose dobrada o Espírito Santo se manifestou.


Na segunda feira após o jantar tivemos alguns momentos de descontração, com a brincadeira do ridículo, e muitos passaram pela passarela, onde um jurado escolhido pelos próprios participantes, puderam escolher o mais ridículo da noite.


Na terça feira durante a Ministração, pessoas receberam dons, foram libertas, curadas e mais uma vez sem dose limitada o Espírito Santo de Deus se manifestou em nosso meio. Tivemos também a Santa Ceia, que foi ministrada pelo nosso querido Rev. José Fabricio


Antes do encerramento tivemos um momento de testemunho, e o resultado foi maravilhoso, pudemos sentir como nosso Deus é maravilhoso e age no meio de seu povo.


Obrigada Senhor por ter nos usado de maneira extraordinária, para conduzir todo esse trabalho.


Já estamos com saudades.

sábado, 12 de março de 2011

Dançando Para Deus


“Todavia, eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação” Hc 3:18 

Quando o profeta Habacuque faz esse propósito de viver em alegria, estava a contemplar os campos sem frutos, os currais vazios, o chão árido e  seus irmãos a gemer de fome.  Apenas alguém que vive através da fé pode ser conduzido a esse estado de esperança e ânimo, mesmo em meio às piores circunstâncias.

A alegria da confissão de Habacuque, no grego é “Gil”, sugere “bailar de alegria” ou “saltar”, no original significa: "rodopiar em redor com movimentos intensos”. Foi exatamente isso que fez o Rei Davi em 2 Sm 6:16; "E sucedeu que, entrando a arca do Senhor na cidade de Davi, Mical, a filha de Saul estava olhando pela janela e viu que Davi ia saltando e girando acrobaticamente..." O Rei estava se alegrando no Senhor.

Alguma vez você foi movido a dançar para o Senhor em meio a um campo devastado? Agradeceu a chuva e a colheita que estaria por vir? Pode ser que alguém o chame de louco por isso, mas foi o que Habacuque ousou fazer.

No Evangelho de João também está escrito: “Abraão alegrou-se por ver o dia do Senhor” Jo 8:56. Ou seja, Abraão dançou intensamente após receber a promessa de um herdeiro que por sinal se chamaria: Isaque ou “riso”: “E chamou Abraão o nome de seu filho que lhe nascera, que Sara lhe dera, Isaque”. Gn 21:3.  A esterilidade de Sara resultou em riso para o casal.  Mas não foi em vão, foi através da fé . Abraão sorriu em meio à sequidão: - "Sara, vamos ter um filho, ele se chamara riso."

"Sabei, pois que os que são da fé são filhos de Abraão” Gl 3:7.

Sou grata a Deus por todas as vezes que Ele me fez sorrir nas adversidades. Quando pude ouvir a voz suave do Espírito Santo contrastando com o turbilhão de vozes negativas. O mundo é assim, uma marcha solene sob o jugo da escravidão, cuja melodia impõe medo, dúvidas, desilusões e morte. Um a um cambaleia rumo a um destino desprovido de graça.

Mas a voz de Deus nos convida a se alegrar, dançar como Habacuque, Davi  e Abraão embalados pela fé, pela certeza do que olhos, ouvidos e mãos alcançarão trazendo a existência, as coisas que não são como se já fossem Rm 4:17. Que assim seja para você, amado leitor. Que através da fé, possas contemplar as promessas do Deus que ama a todos incondicionalmente e que tem por vontade trazer riso, dança , alegria para nossas vidas,  para glória do Seu nome.


Wilma Rejane.

sexta-feira, 11 de março de 2011

AMAR DEUS


Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças. Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. Amarre-as como um sinal nos braços e prenda-as na testa. Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões.
 (Dt 6.5-9)

Que a Sua Palavra continue avivando os nossos corações! Que esta Palavra esteja em nossa mente quando deitarmos e quando acordarmos; nos acompanhe na rua, pelo caminho e quando chegarmos; esteja amarrada em nossos braços; escrita em nossos portões; mas além de tudo, escrita em nossas almas!
Não duvidem um minuto sequer do que o SENHOR tem feito por nós. O Deus Fiel e Justo habita em nosso meio!

BOA NOITE NANCY

quarta-feira, 2 de março de 2011

“SINAIS E MARAVILHAS”


Textos: Hebreus. 2.4 – Atos. 3.1-11

“... dando Deus testemunho juntamente com eles, por sinais, prodígios e vários milagres e por distribuições do Espírito Santo, segundo a sua vontade.”
(Hebreus 2. 4)

Muitas vezes nos sentimos fracos e desacreditamos que Deus ainda hoje faz seus sinais e maravilhas. Os  sinais e maravilhas são fenômenos atuais, que, como nos tempos da igreja primitiva, hoje também Deus opera no nosso meio.

O livro de Atos está repleto de sinais e maravilhas realizados pelo Espírito Santo através da igreja. Vamos ver o significado das palavras milagres, sinais, prodígios e maravilhas:

Milagres é ato ou acontecimento fora do comum, algo inexplicável pelas leis naturais; acontecimento formidável, acontecimento que provoca surpresa e admiração.

Sinal é indício, marca, gesto;

Prodígio é coisa sobrenatural; e

Maravilha é causa extraordinária que leva a  grande admiração.

Ou seja, o milagre, sinal, prodígio e maravilha acontecem quando Deus opera o sobrenatural, fazendo aquilo que aos homens não é possível, de modo a trazer admiração a todos aqueles que tomam conhecimento.

É o que vemos em Marcos 10. 27:

“Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis”.

Na Bíblia tem muitos milagres, prodígios, sinais e maravilhas, gastaríamos horas e não seria possível falarmos de todos.
Escolhi um maravilhoso milagre para comentar, o milagre da Porta Formosa. O milagre está no livro de Atos dos Apóstolos 3. 1-11. (ler)

O MILAGRE DA PORTA FORMOSA: Pedro e João iam para o templo, em um dos horários regulares de oração. Na porta se encontrava um homem aleijado,  e não era permitido que este entrasse no templo. De repente, os apóstolos são parados por aquele pobre homem, implorando que dessem algum dinheiro. Pedro olhou fixamente para o mendigo e diz: “olha para nós”. Com essa expressão, ele chama a atenção daquele homem e lhe dá alguma esperança. Em seguida dizem: “não temos prata nem ouro”, apesar de ser desanimadora essas palavras, elas demonstram a condição financeira dos apóstolos do Senhor no primeiro século. Por outro lado, eles têm muito mais, por isso, declaram: “em nome de Jesus Cristo”, e, ao levantar o homem pela mão as suas pernas são curadas.

O mendigo curado então levantou-se e conseguiu andar, enchendo-se de alegria. Entrou no templo saltando e louvando a Deus. Todos que estavam ali puderam ver ele louvando a Deus e ficaram admirados, pois conheciam o homem que todos os dias ficava sentado na porta do templo pedindo esmolas. Em conseqüência disso, todo o povo foi em busca de Pedro e João, para ouvir a Palavra de Deus.

Um ponto importante que vemos nessa passagem é Oração e Milagre

“E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona”. 

(Atos 3. 1)
Eles iam ao templo para orar. A oração é essencial tanto para aqueles que precisam de um milagre, quanto para aqueles que querem ser usados por Deus na operação de um milagre. Nesse caso especificamente, fica claro que Pedro e João tinham vidas de constante oração, por isso eram próximos a Deus, sendo, desse modo, instrumentos na Sua mão.

Nós também podemos ser usados por Deus na operação de milagres, no entanto, a condição principal para que isso aconteça é que tenhamos uma vida de constante oração. Precisamos estar cada dia mais próximos de Deus, para que Ele nos faça instrumentos em Suas mãos.

Nem prata ou ouro

Quando o coxo pediu esmolas a Pedro e João, antes de darem aquilo que tinham, eles declaram não ter prata ou ouro. Eles eram pobres, mas cheios poder do Espírito Santo.

Hoje em dia muitas igrejas são muito ricas. Só pensam em lucrar, em construir templos, em comprar aviões, helicópteros, enfim, só pensam na prata e no ouro.
Mesmo diante de tal realidade em que vivemos, podemos fazer a diferença. Buscar, sobretudo o que há de mais valioso, que é estar na presença de Deus e ser cheios do Espírito Santo.

Porque Deus Opera Milagres

Quando Deus opera, Ele não o faz em vão. Todo agir de Deus tem um objetivo específico.

“E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela.”
(João 11. 4)

Esse é um dos principais objetivos de um milagre, glorificar ao nome de Deus e abrir caminho para que sua palavra seja pregada, expandindo o Seu reino.

No milagre da porta formosa, também podemos visualizar tal objetivo. Feito o milagre, maravilharam-se todos e foram ao encontro de Pedro e João. Partindo-se disso, então, eles começaram a falar da mensagem de Cristo a todos que ali se encontravam. Começaram a glorificar a Deus, apontando-O como autor do milagre. Foi o prodígio realizado que fez com que todos lhes dessem atenção e valor. Grande foi a pregação, e muitos foram os que se converteram a Cristo naquela ocasião.

A Glória é de Deus, não nossa
Voltando ao exemplo do milagre da porta formosa, vemos que após a operação do milagre, Pedro e João poderiam muito bem enaltecer seus nomes, glorificar a si mesmo. Todavia, não foi o que fizeram, mas sim deram glórias a quem realmente era o autor da obra, o nosso Grande e Maravilhoso Deus.

Hoje em dia, as coisas mudaram. Vemos na televisão, em algumas igrejas espalhadas, pessoas que fazem verdadeiros shows em cima de milagres, que a maioria das vezes nem aconteceram.

Pessoas criam igrejas independentes, montam palcos, para mostrarem supostos prodígios de Deus. Que Deus tenha misericórdia, aos  que atentam contra o Seu nome. O pior de tudo, é que muitos desses enganam diversos fiéis. Quantas vezes vemos pessoas do nosso convívio dizerem que vão a tal evento, pois lá estará um pastor que cura, que faz milagres, que profetiza, etc.
Eu me pergunto, quem é que cura? Quem opera o milagre? O dono da obra é Deus, somente Deus.
Pobres e coitados esses que apresentam a obra como fosse donos dela.
Devemos ficar atentos irmãos, toda honra e toda glória sejam dadas a Deus, única e exclusivamente a Deus.

Conclusão

A respeito da atuação sobrenatural dos apóstolos, diz o autor da Epístola aos Hebreus: “... dando Deus testemunho juntamente com eles, por sinais, prodígios e vários milagres e por distribuições do Espírito Santo, segundo a sua vontade.” (Hebreus 2. 4)

A igreja do Senhor, ciente da soberana vontade de Deus, deva continuar crendo e orando para que Deus realize sinais e maravilhas.

Como esta em (Mateus 10.8) – Curai enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expeli demônios, de graça recebestes, de graça daí.

O mesmo Deus que realizou sinais e maravilhas, milagres e prodígios no passado, também realiza hoje em nosso meio.

Eu quero ver acontecer maravilhas em minha vida.... e você quer ver os sinais e maravilhas de Deus em sua vida?

Busque, clame, chame pelo Espírito Santo, mergulhe nas águas do rio de Deus, se precisar mergulhe novamente, e outra vez e veja o milagre acontecer.

Deus abençoe.

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog