terça-feira, 5 de julho de 2011

JEJUAR E ORAR


“Podem, acaso, estar tristes os convidados para o casamento, enquanto o noivo está com eles? Dias virão, contudo, em que lhes será tirado o noivo, e nesses dias hão de jejuar” (Mt 9.15).

O jejum, quando necessário, deve ser levado a sério, jamais deve ser ignorado ou objeto de descuido. A ação de orar e jejuar demonstra zelo diante de Deus. É bom lembrar que oração e jejum são práticas espirituais que andam juntas.

Jejum é abstenção de alimento, mas o sentido espiritual é afligir e humilhar a alma diante de Deus (Sl 35.13), crucificar os apetites carnais, evidenciar o controle sobre seus desejos, a fim de dedicar-se integralmente a Deus.

Devemos orar e jejuar para estarmos apto a fazer a vontade de Deus, não para Deus fazer a nossa vontade. Se Deus não quiser, não há oração e jejum que possam movê-lo. Essa é uma verdade central da soberania de Deus sobre a vida e a História.

Se há quem pense poder manipular Deus ao orar ou barganhar com Deus em jejuar, este ainda não aprendeu como convém orar e jejuar.

Orar é mais do que apresentar uma lista de pedidos; é a síntese de um relacionamento efetivo que desemboca em se interessar pelo que Deus se interessa. Por isso oramos:

“Faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu”.

Jejuar é mais do que deixar de comer, pois o que faz o jejum agradável a Deus é o nosso despojamento pessoal, é lutar contra as injustiças, libertar os cativos e ajudar ao pobre e necessitado (Is 58.6-10).

Desse modo, sabendo que o “Noivo” se foi, mas está para retornar, se quisermos ser igualmente vitoriosos, agora precisamos orar e jejuar. Isso não é uma opção, é uma necessidade.

Humilhemo-nos diante de Deus, oremos e jejuemos pelo Brasil, pela integridade das famílias, pela honestidade dos governantes, para que a luz da Palavra rompa como a alva em nossa nação, para que haja cura aos doentes e justiça para todos, para que a glória do Senhor seja a nossa retaguarda. Amém!

Tirada do: Orar e Jejuar: a hora é agora!


http://samuelcamara.blogspot.com/2010/03/orar-e-jejuar-hora-e-agora.html

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog