quinta-feira, 19 de abril de 2012

PASSANDO PELO FOGO PARA PURIFICAÇÃO....


"E farei passar esta terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro. Ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi: É meu povo; e ela dirá: O SENHOR é o meu Deus.
Zacarias 13.9"

Ele nos passa pelo fogo e nos purifica como a prata e depois nos prova como o ouro!
Aleluia, Glórias a Ti Senhor!!!!

Deus virá buscar você


por Max Lucado
“Ouvi uma voz trovejar do Trono: ‘Olhem! Olhem! Deus se mudou para a vizinhança, estabelecendo a sua casa com homens e mulheres! Eles são o seu povo, ele é o Deus deles’” (Apocalipse 21:3 MSG).
O narrador fala a mesma coisa quatro vezes em quatro frases consecutivas:
“Deus se mudou para a vizinhança”
“estabelecendo a sua casa com homens e mulheres”
“Eles são o seu povo”
“ele é o Deus deles”
O anúncio vem com a energia de uma criança de seis anos declarando a chegada do seu pai de uma longa viagem. “O papai está em casa! Ele está aqui! Mamãe, ele voltou!” Uma declaração não é o suficiente. Esta é uma grande notícia digna de repetição. Nós finalmente veremos Deus face a face. “Eles verão a sua face” (Apocalipse 22:4).
Deixe que isto seja absorvido. Você verá a face de Deus. Você olhará nos olhos Daquele que sempre viu; você verá a boca que comanda a história. E se houver algo mais maravilhoso do que o momento que você vir a sua face, será o momento que ele tocar a sua. “Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima” (Apocalipse 21:4).
Deus tocará as suas lágrimas. Não irá flexionar os seus músculos ou ostentar o seu poder. Alguns reis escorariam seus garanhões ou fariam um discurso da vitória. Não Deus. Ele prefere passar um polegar na sua bochecha como se dissesse, “Pronto, pronto… chega de lágrimas”.
Não é isso o que um pai faz?

terça-feira, 17 de abril de 2012

ENCONTRO DE SANTIFICAÇÃO

Somos o "Bom Perfume"


" E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo." IICo 2:14-15a 

Todas as pessoas apreciam uma boa fragrância. Umas preferem as mais adocicadas, outras as mais cítricas, ou as florais...mas sempre procuramos aquele aroma agradável que sempre nos faz bem.

Os perfumes também nos trazem lembranças de pessoas que os usavam. Às vezes de pessoas queridas que marcaram nossas vidas com seu modo de ser, outras vezes, o aroma nos lembra pessoas ou situações desagradáveis ou tristes, e evitamos aquele cheiro, pois nos causa mal estar.
As Escrituras nos relatam que no Antigo Testamento, havia um perfume próprio para se entrar na presença de Deus.
Deus, recebia e apreciava este perfume, que tinha tão especial valor. Se alguém usasse esse perfume para cheirá-lo para si próprio, seria eliminado do meio do povo.
Ex. 30:34-38 "Disse mais o SENHOR a Moisés: Toma especiarias aromáticas, estoraque, e onicha, e galbano; estas especiarias aromáticas e o incenso puro, em igual proporção; E disto farás incenso, um perfume segundo a arte do perfumista, temperado, puro e santo; E uma parte dele moerás, e porás diante do testemunho, na tenda da congregação, onde eu virei a ti; coisa santíssima vos será. Porém o incenso que fareis conforme essa composição, não o fareis para vós mesmos; santo será para o SENHOR. O homem que fizer tal como este para cheirar, será extirpado do seu povo."
No Novo Testamento, ou Nova Aliança, Jesus nos tornou pessoas agradáveis a Deus e Ele pagou o preço de nossos pecados, e nos redimiu para o Pai. Nos regenerou, destruindo tudo o que nos separa de Deus, e nos dando na Sua ressurreição, nova vida, fazendo de nós novas criaturas e filhos de Deus.
Ef. 2;1-5 " E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)."
Ii Co 5:17 "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo."
Pelo sacrifício de Cristo, no qual fomos inclusos, o Pai nos recebe como filhos e lhe somos agradáveis. 
Rm 8:15-17 "Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados."
Hoje, não necessitamos de perfume exterior para sermos agradáveis a Deus, nós somos o "Bom Perfume de Cristo" II Co 2:14-15b. "" E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo." IICo 2:14-15a. "
Hoje, podemos refletir:
- Qual perfume minha vida tem exalado?
- Cheiro de morte, com atitudes da vida pecaminosa? 
- Cheiro de vida, vivendo em obediência?
"Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou." I Jo 2:6
Deixe que sua vida transmita o bom perfume de Cristo, que emana da sua presença para o seu ser, através da vida nova de comunhão com Jesus...
Assim, você abençoará a muitos, sendo "Bom Perfume" de Cristo, e exalando as qualidades do seu Senhor, por onde passar.
Com amor,
Pra. Suely Bezerra.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Quantos tem fugido dos problemas



Não querem ouvir verdades, não querem expor seus erros ou fracassos porque preferem mostrar uma certa aparência de que estão na “fé”.

Entretanto, o tempo está passando, as aflições estão aumentando. Onde está a solução? Está longe! Cada vez mais distante!

As pessoas estão na igreja, choram e até parece que estão se entregando.

E por quê?

Porque, depois do choro, logo vem a sensação de que não vão cometer mais os mesmos erros, no entanto, na semana seguinte, as atitudes demonstram que tudo foi em vão! Nada foi real! Tudo foi uma farsa!

Mas ela diz: Estou lutando! Eu sei que Deus me livrará do meu “eu”.

O quê? Digo eu!!! Deus vai te livrar?

Desculpe amiga, mas você vai ter que ler direitinho o que tenho a dizer.

Antes de Jesus ser preso, Ele estava no Jardim do Getsêmani, onde orava a Deus em agonia, dizendo: “Se possível passa de mim este cálice”. Não é certo?

Pois é! Mas quando chegou o momento de provar que não só pedia, mas que Ele mesmo se ofertava a Deus… Ele nos surpreende!

“Tendo, pois, Judas recebido a escolta e, dos principais sacerdotes e dos fariseus, alguns guardas, chegou a este lugar com lanternas, tochas e armas.
Sabendo, pois, Jesus todas as coisas que sobre ele haviam de vir, adiantou-se e perguntou-lhes: A quem buscais?”
 João 18.3,4

Sabe, não tenho palavras quanto à atitude do Senhor Jesus. Simplesmente, linda!

Ele, que não fez nada, não pecou, seria julgado como malfeitor e levaria todo o pecado do mundo, desde a existência até o porvir. Estaria longe do Pai. Sozinho. Enfim, tudo para obedecer e ser a Única oferta capaz de comprar a nossa alma do inferno.

Antes, pedia que o livrasse, mas não fez a sua própria vontade. Ele encarou! E mais: adiantou-se, antes mesmo dos soldados chegarem até Ele.

Quem não deve não teme!
Quem está mesmo apto a obedecer, sacrifica a si mesmo e adianta-se para assumir aquilo que lhe cabe fazer.

Mas aqueles que são covardes sentem-se humilhados diante da situação. Seu orgulho é o seu refúgio e nada alcançam senão serem os hipócritas desta geração.

O Senhor Jesus foi até os que o perseguiam e ainda perguntou. Quem com tanta ousadia faria isso, mesmo sabendo o que poderia acontecer?

Você faz o mesmo diante daquilo que você poderá pagar perante a sociedade e a igreja?

Sua atitude demonstrará quem você é?

Obs: Não as suas lágrimas! Mas as suas atitudes!

Viviane Freitas

terça-feira, 10 de abril de 2012

Davi vestia a camisa do Reino de Deus.

A visão do cristão definirá a visão dos não cristãos em relação ao Reino de Deus. Em 1 Samuel 16, 17, 24, temos o relato da vida de um homem visionário, Davi. Ele sabia o que queria e tinha convicção do seu chamado. Estava disposto a enfrentar batalhas e preparado para isso. Um homem com visão se prepara para as situações antes que elas aconteçam, ele é pró-ativo. Davi era sensato nas palavras. Precisamos falar o necessário, ter mais atitude.
A característica mais importante: Deus era com Davi! Se quisermos que Deus seja conosco precisamos buscá-lo, seja na Palavra ou em oração. Nossa força espiritual está diretamente relacionada a nossa vida de oração.
Davi sabia da importância do trabalho e o realizava com dedicação. Ele se preocupava com as ovelhas e almas. Precisamos nos preocupar com o que Deus mais se preocupa: VIDAS (Lc 15.3-7)
Davi foi empregado do rei, mas isso não mudou o seu comportamento, ele não ficou deslumbrado, valorizava cada etapa de sua vida, subia degrau por degrau. Por isso, Deus o deu um lugar de posição. Davi fora fiel no pouco, e Deus lhe dera muito mais do que imaginou.
Muitas vezes a dificuldade não está em conquistar uma posição, mas em permanecer nessa posição. Davi era obediente à sua liderança. Um bom liderado será um bom líder. Davi era discreto, aguardava o momento certo de ser chamado, não se exibia para ninguém, sempre atraía as pessoas porque o Senhor era com ele. Davi fazia tudo com intensidade, ele vestia a camisa, não aceitava ofensas ao seu Deus. E sempre tinha uma palavra de motivação.
Davi sabia que Deus era maior do que o gigante. O nosso gigante terá o tamanho que dermos a ele. Se dissermos que ele é maior do que Deus ele poderá ser, mas se crermos que Deus é maior, conseguiremos derrotá-lo, assim como Davi derrubou Golias. Davi era original, trocou a bela armadura por pedras, já que estava acostumado a manuseá-las (1Sm 17.38-39). Era fiel a Deus, sensível ao Senhor, tinha temor a Deus. Portanto, mesmo sendo homens e mulheres de visão, é necessário vigiar. Davi não vigiou e por isso, acabou cometendo o pecado de matar Urias para ficar com a esposa dele (2Sm 11.14).
Precisamos todos os dias estar aos pés do Senhor, para permanecermos em sua visão.
Texto adaptado da pastora Ana Carolina (Carol)*




domingo, 8 de abril de 2012

Vida de Pastor...

Ele acorda, levanta, ajoelha e ora, 
louva, consagra, jejua, exorta, sorri e chora. 
Aprende, ensina, repreende, consola e abençoa. 
Glorifica, prega, unge, visita, compreende e perdoa. 
Semeia, cultiva, colhe, alimenta e oferece. 
Acalenta, socorre, profetiza, 
peleja, vence e agradece. 
Santifica, ouve e cala. Dá, recebe, restaura, 
triunfa, edifica, sente e fala. 
Vida de Bispo, pastor...
Olha o relógio, já está atrasado! 
Se não tem carro, pega um ônibus apertado, 
Vai ao hospital, presídio, velório,
seja onde for em busca da ovelha perdida, 
pois ele é um pastor...
Seu corpo cansado aguarda a hora de ir para a cama. 
E quando isso acontece, logo o telefone chama. 
Levanta apressado e reconhece a voz do outro lado; 
é a ovelha aflita que precisa de cuidado. 
E lá se vai o pastor, levando consolo ao coração aflito. 
Dos seus olhos rola uma lágrima no lugar do grito. 
É a dor que se transforma na alegria da compensação 
por ter sido escolhido para tão sublime missão. 
É tarde quando volta para casa, 
e neste momento a esposa diz: 
“Hoje é o nosso aniversário de casamento”. 
O clima de festa, a mesa arrumada...
mas a comida esfriou...sem jeito diz: 
perdoa, meu amor, esta é a vida de pastor. 
(fonte Pastor Antonio Moraes BRAS SP)

quinta-feira, 5 de abril de 2012

SEGUNDO DOMINGO DE ABRIL - DIA DO PASTOR METODISTA


É neste momento que vemos o quanto Deus é maravilhoso e que realmente sabe o que faz, nos concedendo líderes tão amáveis e comprometidos com a obra de Deus.

Sabemos que vocês, pastores, passaram por muitos momentos difíceis, por muitas provas, até por incompreensão para que chegasse até aqui.
Mas, também sabemos que o nosso Deus esteve ao lado de vocês, lhes apoiando, aprovando suas obras e abençoando seu ministério.
Afinal, foi para isto que vocês foram chamados.
Ele conhece o coração, o testemunho, os dons, de vocês.
Sabemos que um pastor abre mão de muitas coisas para estar na posição que Deus lhe coloca.
Nos alegramos em ver que a nossa igreja está em boas mãos, tendo à frente pastores comprometidos com a seara do Senhor.
Pastores que cuidam, aconselham, ensinam, ajudam.
Que se relacionam bem com o ministério, reconhecendo que também precisam de seus auxiliares e do apoio e orações de cada membro e congregado.
Parabéns, pastores...Vocês são muito especiais para nós
Amo muito vocês.... Nancy

PAIS QUE ORAM PELOS SEUS FILHOS

O SENTIDO DA PÁSCOA: DA MORTE PARA A VIDA


EMERSON PUGSLEY

         Estamos em uma das épocas do ano mais bonitas. Respiramos o ar do outono, o qual vai tornando-se mais frio a cada dia. Também começamos a pensar na Páscoa e na importância que damos ou não para ela, como fatos bíblicos.
         Enquanto isto, milhares de adultos e crianças, transformam esta data em um verdadeiro banquete de guloseimas e chocolates variados, com diferentes sabores, tamanhos, embalagens e cores. É o mundo consumista vivendo uma falsa páscoa.
         Não estou dizendo que não podemos viver esta fase saboreando derivados do cacau, mas não tornando unicamente isto este período. Precisamos ir além.
         Então faço a seguinte pergunta – Onde está Jesus nesta festividade?
         Para alguns, continua pregado em um crucifixo e pendurado na parede. É Jesus que não ressuscitou ainda. Para outros, deve ser homenageado com um culto, relembrando seus últimos momentos, antes da morte. E para muitos, passa completamente desapercebido.
         Muito triste, mas é pura realidade, não darmos espaço para o homem Jesus em nossos corações, o qual não poupa esforços para nos fortalecer diariamente e deu sua própria vida em benefício de nós.
         E então deixo mais uma questão – Qual o significado de ressurreição para você?
         Com certeza, temos sempre uma resposta pronta na ponta da língua. Várias pessoas podem dizer é “voltar a viver”, mas não compreendem de fato o que é isto. Outros céticos, vão dizer que não acreditam em tal evento, que é besteira ficar pensando nestas coisas.
         Mas este é o momento de nós seres humanos imperfeitos, pecadores, sujos pela maldade, violência, falsidade, incredulidade, corrupção e mentira, pararmos um momento para valorizarmos o que Jesus representa para mim, para você e para toda a humanidade, nos quatro cantos do planeta.
         Agora imagine a cena, parece até um filme de terror, um homem sendo humilhado, maltratado, machucado, mutilado. Pense em pregos grandes e pontiagudos penetrando em seus pés e pulsos, uma cruz pesada sustentando as suas costas e uma grande maioria de homens e mulheres somente observando a situação. O contraste da vida e da morte ao mesmo tempo.
         Como você reagiria se estivesse pendurado no lugar de Jesus?
         Aceitaria tudo calado ou gritaria vinganças a todos aqueles maldosos de plantão? Jesus aguentou tudo sem blasfemar. Morreu para salvar sua vida, limpando os pecados.
         E onde você está nesta situação? O que tem feito para Ele através de suas ações e palavras?
         Páscoa é vida. Não de um coelhinho branco ou de chocolate, mas de lutas e de sangue derramado em favor de nós mesmos.
         Como está escrito no livro de João, em seu capítulo 10, versículo 10, “eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”. É esta vida que precisamos colocar em prática cristã, através da comunhão com os nossos irmãos e familiares, da solidariedade e amor ao próximo.
         Concluindo esta reflexão, posso dizer, que viver a páscoa de Cristo, é concretizar a felicidade em nossos corações, até o glorioso dia, em que veremos Jesus face a face, para uma vida eterna de alegrias ou sofrimentos.

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog