sexta-feira, 19 de setembro de 2014

VENCENDO O MEDO


Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar.
Quando o viram andando sobre o mar, ficaram aterrorizados e disseram: "É um fantasma! " E gritaram de medo. Mas Jesus imediatamente lhes disse: "Coragem! Sou eu. Não tenham medo! " "Senhor", disse Pedro, "se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas". "Venha", respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre a água e foi na direção de Jesus.  Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: "Senhor, salva-me! "  Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: "Homem de pequena fé, porque você duvidou? " Quando entraram no barco, o vento cessou. -Mateus 14:25-32

Introdução
Você já sentiu medo? O medo não é algo ruim. Em várias situações ele nos ajuda. Por causa do medo muitos se livram de situações que podem trazer problemas e até mesmo risco a vida; porém o medo pode se tornar um problema quando ele nos paralisa, nos impede de arriscar para crescer. Na vida cristã o medo também pode nos prejudicar ou nos ajudar. Quando deixamos de pecar porque temos medo de desagradar a Deus é algo bom, mas quando o medo nos faz duvidar de Deus, gera insegurança e nos impede de receber com fé a Palavra que Deus tem nos dado é um grande problema. Se quisermos crescer em intimidade e conhecimento de Deus precisamos vencer o medo. Veremos o que o medo causa em uma pessoa.

Primeiro
O MEDO PODE NOS FAZER AFUNDAR
Quando olhamos para o texto de Mateus 14, vemos que Pedro havia recebido uma palavra de Jesus, que gerou confiança e o motivou a fazer algo extraordinário, porém a tempestade de vento ainda estava ali. Quando Pedro repara no vento e nas ondas ele teme e começa a afundar. Se não quisermos afundar temos que aprender a confiar em Jesus. Quer ser vitorioso(a) e realizar coisas extraordinárias? Vença o medo e confie em Jesus.

Segundo
O MEDO NOS FAZ ESQUECER DAS PALAVRAS E PROMESSAS DE DEUS
Quando Pedro reparou no vento e teve medo, esqueceu da palavra de Jesus que havia recebido. Foi essa palavra de Jesus que despertou a fé e o fez caminhar sobre as águas. A tempestade não havia cessado, mas não estava mais afetando Pedro até ele olhar para ela novamente e esquecer-se da Palavra de Jesus.Quer ser vitorioso(a)? Não olhe para as lutas, busque a Jesus e dê atenção ao que Ele diz. Vença o medo e lembre-se das palavras de Jesus.
Terceiro
O MEDO NOS IMPEDE DE SER APERFEIÇOADOS
Se Pedro tivesse reparado no vento antes de sair do barco, nunca teria dado alguns passos sobre as águas, e poderia ter continuado andando se não tivesse reparado depois. A Bíblia diz que a vida cristã é vivida pela fé (confiança) em Deus, não pela nossa razão. O medo nos faz questionar, nos torna mais racionais e menos crentes. Você recebeu uma palavra de Jesus? Tem certeza que é Ele quem falou?Então vença o medo e arrisque. Isso o(a) fará crescer em Deus e te fará um(a) vitorioso(a).

Quer crescer em conhecimento e intimidade com Deus? Vença o medo e aprenda com Deus; ouça o que Ele diz e obedeça. Confie em Deus e Ele te dará a vitória. 


Então, Josafá teve medo, e se pôs a buscar ao Senhor; e apregoou jejum em todo o Judá… e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti” (2Cr 20:3)

Você perceberá que todos nós estamos sujeitos a momentos de ansiedade e medo e, como o rei Josafá, precisamos aprender a colocar sempre os nossos olhos em Deus.

VENCENDO O MEDO 
Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, amor e moderação.  Toda intimidação tem um início, e se essa raiz não for tratada, o fruto não brotará.  Existiam muitas promessas sobre Israel, mas em Juízes 6.1, está escrito: “Fizeram os filhos de Israel o que era mau perante o Senhor; por isso, o Senhor os entregou nas mãos dos midianitas por sete anos.” Maior é o que está em vós do que aquele que está no mundo (1Jo 4.4). Jesus tomou as chaves do diabo e abriu nossas cadeias. Satanás tinha o controle sobre a nossa vida, fazendo com que a dor, a depressão fossem constantes. Entretanto, Deus nos deu o livre-arbítrio e assim, a única maneira do inimigo alcançar você é por meio da brecha, se você entregar as chaves ao inimigo. Muitas vezes as pessoas compactuam com coisas que aos olhos humanos não parecem más, mas para Deus é uma abominação.
Deus ama o pecador, mas abomina o pecado. Hoje vemos tanta promiscuidade, casamentos sendo destruídos pela infidelidade dos cônjuges, muitos veem isso como algo normal na sociedade, mas sabemos que tais atitudes não estão de acordo com o que a Palavra de Deus nos ensina. Quando damos lugar ao diabo, as consequências vêm, pois não existe um pecado sequer que o Senhor Deus não abomina. Não existe um único pecado que não tenha levado Jesus à cruz do calvário. Porém, não há também um único pecado que o sangue de Jesus não possa purificar.
É tão diferente quando conhecemos Jesus. Antes da conversão você não entendia o que era o pecado, mas ao aceitar Jesus como seu único e suficiente Salvador, com a ajuda do Espírito Santo de Deus, o arrependimento vem e depois de confessar seus pecados, não há mais culpa. O intimidador, o acusador diz que você não tem mais jeito, que não há mais solução para sua vida, mas você tem autoridade para fechar as portas, você tem as chaves. É uma escolha. Quando escolhemos fazer a vontade de Deus, seguindo os caminhos Dele, não abrimos a porta para o inimigo entrar e destruir tudo que construímos com esforço e sacrifício. É preciso fechar essa brecha. Há uma promessa de prosperidade para sua vida, mas então, o que está havendo? Muitas vezes quando tudo começa a dar errado, a vida parece não avançar, há uma brecha que não foi obstruída, a falta de perdão, amargura, orgulho, situações que mantêm a porta aberta e o inimigo está passando por ela. É preciso vencer o medo, fechar essas portas e declarar que somente os anjos do Senhor acampam ao seu redor. O lugar do inimigo é debaixo dos nossos pés. Aleluia!








A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog