domingo, 17 de julho de 2011

Eclesiastes 9 : 10


Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma. Eclesiastes 9 : 10

Faça da tua vida um instrumento nas mãos de Deus! 
Faça a obra dEle com dedicação e amor! 
Tudo que te vier a mão para fazer, faça por Ele! 
Deus está no controle da vida de seus servos!

Torrada Queimada!!!

“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade,
benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança”( GL 5:22).


Quando eu ainda era um menino, uma noite, minha
mãe fez algumas torradas. Havia sido um dia duro de
trabalho para ela. No prato havia ovos, lingüiça e torradas
bastantes queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro
de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o
fato. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir
para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia,
na escola. Eu não me lembro do que respondi, mas me
lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com
manteiga e geléia e engolindo cada bocado. Quando eu
deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se
desculpando por haver queimado a torrada.  Mas inesperada
foi à resposta de meu pai: "Adorei sua torrada queimada..."
Mais tarde, fui dar um beijo de boa noite em meu pai,
eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada
queimada. Então me ensinou uma preciosa lição. 
“...Sua mãe, companheiro, teve um dia de trabalho
muito pesado e estava realmente cansada... Além disso,
uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é
cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu
também não sou o melhor marido, empregado, ou
cozinheiro, talvez nem o melhor pai, mesmo que tente todos
os dias! O que tenho aprendido através dos anos é que
saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as
diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais
importantes para criar relacionamentos saudáveis e
duradouros. Desde que eu e sua mãe nos unimos,
aprendemos, os dois, a suprir um as falhas do outro. Eu não
sei fazer uma lasanha como ela, mas ela não sabe assar
uma carne como eu, ou seja nos completamos e assim
somos uma família.
Então, meu filho, se esforce para ser sempre
tolerante e compreensivo, principalmente com quem
dedica o precioso tempo da vida a você”...
Autor desconhecido. 

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog