segunda-feira, 13 de setembro de 2010

TEMPO DE VIVER COISAS NOVAS EM DEUS!

Quando sofremos algum ferimento sério, procuramos imediatamente um médico que possa tratá-lo adequadamente. A ferida é limpa e é feito o curativo adequado, para que a área afetada fique protegida e, dependendo do caso, é necessário um acompanhamento para averiguar que está curando bem. Contudo, a cura pode demorar.


Esta é uma ilustração de como nossas feridas espirituais podem curar com fé, oração e o devido cuidado. Mas se não permitirmos que sejam limpas e tratadas, se tentarmos esconder nossos ferimentos ou não cooperarmos com os que podem nos ajudar, eles podem infeccionar com rancor e ressentimento, e o mal pode se espalhar e envenenar todo o nosso corpo. Sem o tratamento certo, podem afetar nossa vida espiritual, nossa felicidade, nossa fé e nosso bem-estar geral.


O rancor tipicamente não se desenvolve de uma hora para a outra. Como uma ferida infeccionada, piora com o tempo. O rancor é como uma infecção provocada pelo Diabo que avança e, se não eliminada do corpo, lentamente destrói as áreas saudáveis com as quais entra em contato. Por isso, da mesma forma que se deve dar a devida atenção a um ferimento sério, é importante cuidar imediatamente dos problemas espirituais graves.


A Bíblia ensina que devemos esvaziar nossos corações das coisas do passado ou do presente que nos incomodam.


“Esquadrinhemos os nossos caminhos, experimentemo-los” (Lamentações 3:40). “Tende cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem” (Hebreus 12:15 ).


Esquecendo o passado e buscando algo novo....


Tenho orado por um tempo novo, uma visitação de Deus, um caminho nunca experimentado, tenho buscado isso em tudo que faço. Deus tem se feito presente em todos os momentos da minha vida e isso já é algo tremendo e sem preço, mas sabe quando se precisa buscar mais, experiências novas com Deus? Tenho feito desses dias, uma busca incessante para que tudo aquilo que eu faça daqui pra frente, venha de Deus e seja pra Ele. Confesso estar cansada de coisas velhas!


Em Mt 9:16-17 diz: “Ninguém põe remendo de pano novo em veste velha; porque o remendo tira parte da veste, e fica maior a rotura. Nem se põe vinho novo em odres velhos; do contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho, e os odres se perdem. Mas põe-se vinho novo em odres novos, e ambos se conservam.”


Só se recebe algo novo, quando se deixa o velho pra trás! É engraçado como as experiências antigas, marcas do passado muitas vezes nos prendem naquilo que foi trazido com elas, e nos impedem de recebermos algo novo de Deus e isso se aplica a todas as áreas da nossa vida.


Mas é preciso saber viver! E viver algo novo precisa de um esforço para entregar o velho. Muitas vezes sair da zona de conforto e praticar a verdade. E Jesus é a verdade, a novidade e se alguém está nEle, é NOVA criatura, as coisas antigas já passaram e TUDO se fez novo.


Todos que estão ligados ao passado não estão aptos para viver o futuro glorioso de Deus. Quando a esposa de Ló olhou para traz, sua caminhada terminou, seu futuro acabou (Gn 19:26). Temos que seguir o conselho do apóstolo Paulo: “uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.” (Fp 3:13)


Mas por que insistimos em viver do jeito velho, mesmo estando em Cristo? Quando se fala em algo novo, o que impede a entrega, é o medo. Medo de enfrentar o novo, porque as vezes é ruim, é chato, é incerto, dói, faz a gente sair da zona de conforto, e tudo que traz mudança, pode gerar desconforto, porém o caminho novo, nos leva pra mais perto de Deus, mais perto da vontade dEle pra nós, e nos faz crescer e viver para aquilo que fomos feitos.


Tenho visto que o comodismo de certa forma tem se tornado um pecado coletivo da igreja e o diabo tem investido em acomodar os crentes para que não vivam a novidade em Jesus! É muito sério isso. As vezes nos apegamos a falsos ídolos, que nos fazem perder tempo em discussões inúteis ao invés de viver a simplicidade do evangelho.


“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo. Os animais do campo me glorificarão, os chacais e os filhotes de avestruzes; porque porei águas no deserto e rios, no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu escolhido, ao povo que formei para mim, para celebrar o meu louvor.” (Is 43:18-21).


Chegou o TEMPO DE VIVER COISAS NOVAS EM DEUS! Chegou o tempo de deixar a religiosidade pra trás, e viver a vontade de Deus.


“E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras.” Ap 21:5

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog