terça-feira, 10 de abril de 2012

Davi vestia a camisa do Reino de Deus.

A visão do cristão definirá a visão dos não cristãos em relação ao Reino de Deus. Em 1 Samuel 16, 17, 24, temos o relato da vida de um homem visionário, Davi. Ele sabia o que queria e tinha convicção do seu chamado. Estava disposto a enfrentar batalhas e preparado para isso. Um homem com visão se prepara para as situações antes que elas aconteçam, ele é pró-ativo. Davi era sensato nas palavras. Precisamos falar o necessário, ter mais atitude.
A característica mais importante: Deus era com Davi! Se quisermos que Deus seja conosco precisamos buscá-lo, seja na Palavra ou em oração. Nossa força espiritual está diretamente relacionada a nossa vida de oração.
Davi sabia da importância do trabalho e o realizava com dedicação. Ele se preocupava com as ovelhas e almas. Precisamos nos preocupar com o que Deus mais se preocupa: VIDAS (Lc 15.3-7)
Davi foi empregado do rei, mas isso não mudou o seu comportamento, ele não ficou deslumbrado, valorizava cada etapa de sua vida, subia degrau por degrau. Por isso, Deus o deu um lugar de posição. Davi fora fiel no pouco, e Deus lhe dera muito mais do que imaginou.
Muitas vezes a dificuldade não está em conquistar uma posição, mas em permanecer nessa posição. Davi era obediente à sua liderança. Um bom liderado será um bom líder. Davi era discreto, aguardava o momento certo de ser chamado, não se exibia para ninguém, sempre atraía as pessoas porque o Senhor era com ele. Davi fazia tudo com intensidade, ele vestia a camisa, não aceitava ofensas ao seu Deus. E sempre tinha uma palavra de motivação.
Davi sabia que Deus era maior do que o gigante. O nosso gigante terá o tamanho que dermos a ele. Se dissermos que ele é maior do que Deus ele poderá ser, mas se crermos que Deus é maior, conseguiremos derrotá-lo, assim como Davi derrubou Golias. Davi era original, trocou a bela armadura por pedras, já que estava acostumado a manuseá-las (1Sm 17.38-39). Era fiel a Deus, sensível ao Senhor, tinha temor a Deus. Portanto, mesmo sendo homens e mulheres de visão, é necessário vigiar. Davi não vigiou e por isso, acabou cometendo o pecado de matar Urias para ficar com a esposa dele (2Sm 11.14).
Precisamos todos os dias estar aos pés do Senhor, para permanecermos em sua visão.
Texto adaptado da pastora Ana Carolina (Carol)*




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog