quarta-feira, 7 de julho de 2010

SEGURE AS MINHAS MÃOS...
















Essa é uma das mensagens, que escrevi dois anos depois que conheci e aceitei Jesus como meu único e suficiente Salvador, meio que um poema, estarei postando mais alguns testemunhos, mas conforme o Espírito Santo for me dirigindo a fazer.
SEGURE AS MINHAS MÃOS...

Eu te peço, filho meu, segure as minhas mãos.
Aperte-as firme, de um modo que você não tema o caminhar, nem se desvie por atalhos vãos.
Segura as minhas mãos filho, aquecerei as de tal modo com o calor das minhas, que mesmo que o vento forte as açoite, elas não se tornarão frias durante a caminhada pela escura noite.
Vem filho meu. Segura as minhas mãos tão fortemente, que quando você cair nas valas do caminho, apoiado em minha força, você conseguirá erguer-se sem se sentir sozinho.
Vem filho meu. Segura as minhas mãos, encha as suas mãos com o calor do meu amor imenso, para que elas nunca se tornem vazias.
Tomarei as suas mãos como se fossem minhas, para que você consiga pela vida a fora, guiar, aquecer, fortalecer e acariciar, aos que te estenderem suas mãos aflitas.
Eu te peço, filho meu. Segure as minhas mãos.
(mensagem escrita por mim mesma no ano de 1988)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog