quarta-feira, 3 de julho de 2013

UMA LISTA ESPECIAL DE FUGITIVOS E O QUE ELES NOS ENSINAM

“E, vendo os homens de Israel, que estavam deste lado do vale e deste lado do Jordão, que os homens de Israel fugiram, e que Saul e seus filhos estavam mortos,abandonaram as cidades, e fugiram; e vieram os filisteus, e habitaram nelas.” (1 Samuel 31.7)

A Palavra de Deus é sem dúvida uma fonte inesgotável de verdades reveladas. A cada história nos são apresentadas lições preciosas de vida e de morte.
Podemos aprender com tantos exemplos de homens que foram poderosamente usados por Deus para mudar a história de povos e nações.
No entanto, existem também os maus exemplos, e como estão na Bíblia eles também têm o propósito de nos ensinar algo. Observando a vida de alguns homens percebemos que há algo de errado em comum em todos eles: Em determinado momento de suas vidas, eles de alguma maneira fugiram. Seja da vergonha do pecado (Adão), seja das responsabilidades da vida (Moisés), seja da opressão promovida pelo diabo (Elias), seja de seu chamado (Jonas), seja da verdade (Pedro), seja da atenção à palavra (Êutico), eles caíram na armadilha de achar que seria possível fugir de Deus. Podemos sim aprender com eles e encarar estes mesmos cenários de forma diferente.
Essa lista de foragidos nos ensina que, diante da adversidade, é possível fazer diferente, não precisamos ter medo, nos esconder como eles, mas podemos
fazer diferente e assim nos precavermos das consequências da fuga pelas quais eles experimentaram.
Portanto, nesta leitura, você será desafiado a não fugir, pois afinal isso é impossível.
“Os olhos do SENHOR estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons.” (Provérbios 15.3)

 “Assim perecerá a fuga ao ágil; nem o forte corroborará a sua força, nem o poderoso livrará a sua vida.”(Amós 2.14)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A MÚSICA QUE EDIFICA

Pesquisar este blog